Vitamina D: Aliada na prevenção de doenças

osso abbronzato

A vitamina D contribui para a saúde dos ossos e o bom funcionamento da mente e do sistema imunológico. A vitamina D está presente em alguns alimentos e também pode ser consumida em cápsulas, mas apenas sob recomendação médica, pois a falta da vitamina e o seu excesso prejudicam da saúde. Quando consumida em excesso, a vitamina D pode prejudicar os rins por causar o aumento da absorção de cálcio.

O sol também ajuda na síntese da vitamina D, ele é o responsável por 80 a 90% da vitamina que o corpo recebe. Com o uso constante de protetor solar, a pele fica protegida dos raios, mas também não permite que o organismo absorva de forma adequada a vitamina D através da exposição ao sol, pois a síntese da vitamina só é feita se a pele estiver sem proteção solar. Especialistas sugerem que a pessoa se exponha ao sol sem protetor solar por 15 min por dia, nos horários recomendados: até as 10h e depois das 17h.

Para mulheres grávidas, a falta de vitamina D pode causar abortos, primeiro trimestre, pré-eclâmpsia, no final da gestação e aumenta as chances de autismo na criança, pois, a vitamina é importante para o desenvolvimento do cérebro do bebê.

Benefícios:

– Fortalece os ossos e os dentes, pois a vitamina D é importante para a absorção do cálcio. Previne osteoporose na vida adulta e raquitismo na infância.

– Protege o coração contra infartos, derrames e insuficiência cardíaca. A vitamina D influencia na regulação da pressão arterial e a falta dela pode favorecer o aparecimento de placas nas artérias.

– Controla o diabetes tipo 1. A produção de insulina pelo pâncreas requer a participação da vitamina D.

– Fortalece os músculos. A ausência da vitamina D provoca a perda da força muscular e aumenta o risco de quedas e fraturas.

– Usada no tratamento de doenças autoimunes como a esclerose múltipla, artrite reumatoide e problemas oftalmológicos.

– Prevenção e tratamento do câncer: A deficiência de vitamina D favorece 17 tipos de câncer, entre eles os de mama, próstata e melanoma. A vitamina D também promove a autodestruição das células cancerosas.

– Importante para autistas: além de prevenir o autismo, a vitamina D ativa hormônios que afetam o comportamento social:  serotonina, ocitocina e vasopressina, de acordo com um estudo do Children’s Hospital Oakland Research Institute, nos Estados Unidos.

– Previne a esquizofrenia. Bebês que nasceram com baixa dose de vitamina D têm duas vezes mais chance de desenvolver esquizofrenia, mostrou um estudo australiano.

– Previne a depressão

– Previne a asma

– Previne gripe, resfriado e infecções respiratórias

Fontes de Vitamina D:

Os alimentos de origem animal como: atum, sardinha, ovo, queijo cheddar, carne bovina.

Fonte: Minha Vida, Saúde IG.