Saiba mais sobre refluxo gastroesofágico

child with stomach ache

O incômodo após comer atinge muitas pessoas e pode piorar com uma alimentação inadequada. O refluxo gastroesofágico ocorre quando a válvula que fica entre o estômago e o esôfago não se fecha corretamente após a comida que ingerimos passar por ela, isso permite que aconteça o refluxo do ácido clorídrico do estômago para o esôfago.
As causas para a válvula não funcionar corretamente são várias, podendo ser má formação, deslocamento causado pelo diafragma, e ainda o aumento da acidez no estômago ou o ganho de peso. Quando a pessoa está acima do peso o estômago é comprimido, o suco gástrico pressiona a válvula, que abre e ocorre o refluxo.
Os sintomas são incômodos como azia, sensação de bolo na garganta e em alguns casos sufocamento.
Tratamento: O refluxo pode ser tratado com medicamentos, ou com cirurgia, e o tempo de tratamento varia de acordo com cada caso.
O recomendado é comer devagar, mastigando bem os alimentos, não ficar sem comer por mais de quatro horas no dia, escolher o leite sem lactose, comer o pão francês sem o miolo, não comer próximo ao horário e dormir e dormir com a cabeceira da cama elevada.
A alimentação adequada é muito importante para o tratamento de quem tem refluxo. Comidas gordurosas e proteína exigem uma digestão maior, com mais ácido clorídrico do estômago.
Alimentos que pioram o refluxo:
– Alimentos recheados e amanteigados
– Queijos gordurosos (amarelos)
– Gordura do leite integral
– Margarina
– Manteiga
– Bacon
– Sorvetes cremosos
– Chocolates
– Bebidas gasosas
– Álcool
– Pimenta
– Alimentos gordurosos
– Café
– Chocolate
– Temperos fortes e alimentos embutidos
Obs: Alguns pacientes podem se sentir desconfortáveis com alimentos cítricos.
É importante procurar um médico para a realização do tratamento adequado para cada pessoa.
Fonte: IG Saúde, Índice de Saúde