Os efeitos da TPM no corpo

Thinking, tired or ill with headache young woman

A TPM ou Síndrome Pré-Menstrual é caracterizada por uma série de sintomas que aparecem 10 dias antes do ciclo menstrual. Os sintomas são causados por várias alterações hormonais que acontecem nesse período. De acordo com o Ministério da Saúde a TPM afeta, aproximadamente, 70% das mulheres brasileiras.

Veja dicas de como amenizar os sintomas da TPM:

Alteração dos níveis de serotonina: os níveis de serotonina declinam antes da menstruação e essa queda causa sintomas como irritabilidade, agressividade, depressão e mudanças no apetite. Para amenizar: fazer exercícios; evitar doces, pois eles retêm líquido; evitar compromissos chatos, se possível; evitar consumir café (estressante) e álcool (depressivo).

Retenção de líquido: ocorre antes e durante a menstruação e provoca inchaço nas mamas, pernas e barriga. Em alguns casos a mulher ganha até 2 quilos nesse período. Para amenizar: evitar consumir sal que retém líquido; priorizar alimentos que facilitam a eliminação de líquidos como melancia, morango, salsa, aspargo, agrião e alcachofra.

Excesso de prostaglandinas: esses hormônios são produzidos em diversos locais do corpo, mas, no período da TPM, são produzidos em excesso e causam dores como, enxaqueca, dores de cabeça, dores articulares, dores musculares, dores nas costas e dores abdominais. Para amenizar: guardar repouso; evitar situações agitadas; usar bolsa de água quente ou medicamentos, de acordo com a intensidade da dor.

Problemas de pele: devido às alterações hormonais a pele fica mais seca ou mais oleosa e podem aparecer acnes. Para amenizar: evitar banhos quentes demais; usar sabonetes especiais para o rosto e tipo de pele; evite fazer tratamentos de pele durante a TPM.

Resistência baixa: com a queda na produção de estrógeno e o aumento na produção de progesterona, a imunidade da mulher fica baixa e isso causa uma maior possibilidade de doenças, especialmente herpes labial. Para amenizar: alimentar-se de maneira equilibrada, consumindo boa quantidade de frutas, verduras, legumes, água, com intervalos de 3 horas a cada refeição; evitar situações de estresse; praticar atividade física.

Fonte: Minha Vida