Conjuntivite

Little Boy - Dangerous Stings From Wasps Near The Eye

A conjuntivite é a inflamação da conjuntiva, membrana que reveste a parte branca dos olhos e a parte interior das pálpebras. A inflamação pode durar de uma semana a 15 dias, podendo acometer os dois olhos ou apenas um.

Reações alérgicas a poluição, fumaça, cloro de piscinas, produtos de limpeza ou maquiagem podem ser causas da conjuntivite, mas, a causa mais comum é o pólen espalhado no ar. Além de causa alérgica, o problema pode ser causado por vírus ou bactérias, que é quando a conjuntivite é contagiosa, sendo transmitida pelo contato direto com as mãos, secreção ou por objetos contaminados.

Sintomas

– Acordar com as pálpebras grudadas

– Sensação de que tem areia ou ciscos nos olhos

– Dor ao olhar para a luz

– Visão embaçada

– Olhos vermelhos e lacrimejantes

– Pálpebras inchadas

– Secreção purulenta (conjuntivite bacteriana)

– Secreção esbranquiçada (conjuntivite viral)

– Coceira

Tratamento

É importante lavar os olhos e fazer compressas de água gelada, que tenha sido filtrada e fervida, ou compressas com soro fisiológico, mas, o tratamento varia de acordo com as causas. Para a conjuntivite viral não há medicamentos específicos. Já para a conjuntivite bacteriana o médico poderá indicar colírios antibióticos, e para evitar contágio e a evolução da conjuntivite, cuidados especiais com a higiene.

Para se prevenir, evite coçar os olhos, lave as mãos com frequência, evite compartilhar produtos de beleza como rímel, delineadores, e, durante a crise, troque a fronha do travesseiro diariamente.

A automedicação é perigosa. Alguns colírios podem provocar sérias complicações e agravar o quadro da conjuntivite, por isso, o médico dever ser consultado assim que se notarem os sintomas.

Fonte: Minha Vida