8 bons motivos para comer feijão

Bean stew in a ceramic pot on a wooden table

O feijão, alimento bastante comum no prato dos brasileiros além de delicioso proporciona diversos benefícios à saúde, protegendo contra câncer e outras doenças crônicas. É recomendado uma porção diária de feijão ou ervilha seca, lentilha e soja, de acordo com o Guia Alimentar para a População Brasileira (BRASIL, 2005). O feijão é:

– Fonte de proteína: o feijão é fonte de proteínas compostas por aminoácidos chamados lisinas. As proteínas, que também estão presentes em carnes e laticínios, são muito importantes para a saúde dos ossos, pele, órgãos e músculos.

– Prevenir cáries: é possível prevenir cáries com a combinação de arroz e feijão. Isso porque esses alimentos absorvem o flúor da água tratada usada para o preparo do prato.

– Controle do peso: o alimento é rico em carboidratos, e por isso pode engordar se for consumido em excesso. Mas, pode ajudar a emagrecer se inserido em uma dieta balanceada. O feijão é rico em fibras que prolongam a sensação de saciedade combatendo a obesidade.

– Bom para o intestino preso: as fibras presentes no feijão proporcionam energia para o bom funcionamento das células do intestino.

– Diabetes: o feijão contribui para que a glicose dos alimentos demore mais para ser absorvida, assim a pessoa consegue controlar a glicemia melhor.

– Previne câncer e doenças degenerativas: o feijão tem antioxidantes que contribuem para diminuir a chance de ter alguns tipos de câncer, doenças degenerativas e problemas cardiovasculares, além de controlar os níveis de colesterol.

– Contra anemia: o feijão combate a anemia ferropriva por ser rico em ferro. A leguminosa também é rica em zinco e magnésio protegendo a memória e evitando convulsões, além de ser benéfico aos ossos, músculos, cérebro e sistema nervoso.

– Vitamina do complexo B: contém ácido fólico que é importante durante a gestação para o bom desenvolvimento do feto. Também evita anemia que causa cansaço e fraqueza.

Fonte: Minha Vida